Função SE em Excel

Publicado por Wagner Cardoso em

Neste post nós vamos analisar para que a função SE do Excel serve e onde aplicar essa importante função que é muito utilizada por quem desenvolve ou mesmo utiliza planilhas no seu dia a dia.

A função SE existente no Excel tem como principal característica automatizar resultados.

Como exemplo nós podemos citar controles de estoque, análises financeiras de lucro e prejuízo, recebimento ou não de comissões etc.

O exemplo mais comum e amplamente mostrado na internet seria análise de notas de alunos, onde a função SE será utilizada para mostrar se a pessoa foi aprovada ou reprovada de acordo com a sua média.

Para explicar de forma simples, a função SE necessita de dados, para que ela possa realizar uma análise e exibir um resultado.

Porém, cabe citar aqui que os resultados exibidos pela função SE podem ser em texto ou até mesmo em valores.

Como utilizar a função SE em Excel

A função SE tem base em parâmetros, ou seja, ela precisa de informações para poder analisar e chegar em um resultado.

No formato mais comum da função ela vai analisar uma resposta positiva ou uma resposta negativa.

Para entender melhor digamos que se uma pessoa tirar a nota 7 ela será aprovada (resposta positiva) e caso ela tenha uma nota abaixo disso ela será reprovada (resposta negativa).

Utilizando função SE na Prática

Para deixar mais claro vamos usar aqui um exemplo da vida real.

Imagine que em uma determinada loja fui colocada como meta 1000 vendas no mês para cada vendedor.

Caso a pessoa consiga atingir as 1000 vendas ela recebe um determinado valor de comissão e caso ela não realize as 1000 vendas ela não recebe nenhum valor.

Perceba que aqui a ideia é trabalhar com possibilidades, ou seja, a pessoa pode ou não receber a comissão dependendo do seu desempenho.

A função SE nesse caso seria utilizada para a seguinte análise:

“Se o resultado das vendas for maior ou igual a 1000, pessoa recebe a comissão, caso não, não receberá comissão”.

Veja abaixo um vídeo mostrando na prática como resolver esse caso citado acima.

Dicas de Excel - Utilizando a Função SE em Excel

Em Quais Situações Devemos Usar a Função SE no Excel?

A função SE deve ser utilizada sempre que existirem várias possibilidades, ou seja, múltiplas respostas para a questão envolvida.

Ela também será útil sempre que você precisar evitar a falha humana.

Pois uma planilha complexa pode conter diversos dados que “a olho” o usuário pode deixar passar e não trazer resposta coerente para aquele problema.

Então para a análise de dados com mais precisão também é recomendável o uso da função SE.

Por fim devemos utilizar a função SE para automatizar controles, como exemplo vamos citar um estoque.

Imagine que um estoque ao atingir 70% de vendas deve ser reposto, neste caso a planilha pode exibir um alerta ou até mesmo uma cor diferenciada indicando que aquele produto precisa ser recolocado.

Perceba que no caso acima estaremos também evitando a falha humana.

Quais as vantagens no uso da função SE em Excel

A principal vantagem de usar a função SE certamente é a análise de informações.

Ela será capaz de analisar os dados fornecidos e trazer uma conclusão, no caso uma resposta seja em texto ou em valores.

Uma outra grande vantagem que também já foi citada nesse post é a questão da automatização nas tarefas.

Nesse caso ao automatizar uma planilha teremos apenas a preocupação de inserir os dados e não de ficar realizando cálculos todas as vezes que forem necessárias análises de dados.

Aliás montar uma planilha onde nós possamos simplesmente substituir dados e obter resultados uma das grandes vantagens não somente da função SE mas também do próprio Excel.

Função SE aninhada

Além do uso da função se para as análises de dados que foram citadas acima nesse post, também é possível alinhar diversos resultados.

Isso significa na prática que é possível colocar (as versões mais atuais do Office) até 64 respostas concatenadas em uma só função.

Claro que 64 respostas seriam um extremo muito grande, e certamente é muito difícil encontrar uma situação em que você vai de fato utilizar tantas respostas.

Porém existem sim situações em que você pode necessitar desse aninhamento da função SE.

Pode exemplificar mais uma vez com algo aplicável na realidade, vamos analisar a seguinte questão:

imagine que na mesma loja que foi citada acima onde os vendedores teriam uma meta de 1000 vendas mensais, temos também algumas camadas de comissão.

Uma pessoa que realiza um determinado número de vendas pode receber 200 BRL de comissão, uma outra pessoa que realize um pouco mais de vendas pode ter uma faixa de 500 BRL de comissão e num terceiro caso uma pessoa que alcance as 1000 vendas receberia 1500 BRL de comissão.

Vamos ver abaixo um vídeo que mostra na prática como seria resolvida essa questão utilizando a função SE ANINHADA:

Variações da Função SE

A função SE também possui algumas variações.

Essas variações permitem cálculos diferenciados como por exemplo a SOMASE.

A SOMASE realiza uma soma de acordo com um parâmetro, para exemplificar digamos que temos uma sala com 30 pessoas.

No caso eu quero realizar uma soma se a pessoa estiver de óculos.

Perceba que o parâmetro aqui é analisar não quantas pessoas tem na sala e sim quantas pessoas estão de óculos.

Então a soma será realizada somente se a pessoa atingir aquele requisito (no caso deste exemplo o óculos).

Como variação da função SE podemos citar também a CONT.SE que é uma outra função disponível no Excel.

No caso dessa função ele realiza uma contagem também de acordo com o parâmetro.

Para exemplificar digamos que existe uma lista de 5 vendedores.

Eu quero realizar uma contagem para saber quantas vezes um determinado vendedor aparece na planilha com vendas realizadas.

Para chegar nesse resultado nós poderíamos utilizar a função CONT.SE para entender quantas vezes um determinado nome (de um vendedor) aparece na lista.

Por fim o uso desse tipo de função pode facilitar muito as análises de estatísticas de uma empresa.

Conclusão

O Excel é de longe um dos softwares mais utilizados e mais solicitados no mercado de trabalho.

Certamente se deve ao fato da imensa grade de possibilidades que ele oferece de soluções para empresas.

A função SE em Excel, na minha opinião, é uma das mais úteis que nós vamos encontrar.

A quantidade de exemplos e aplicações possíveis com essa função são praticamente infinitas.

E com certeza é recomendado para todo e qualquer profissional que queira ter sucesso no uso ou mesmo na criação de planilhas profissionais.

Atualmente na internet nós temos diversos exemplos da função SE tanto para uso básico como também para o uso mais avançado com o aninhamento (concatenação) de respostas.


Wagner Cardoso

Professor de Tecnologia e Desenvolvedor na Tectreinamentos Informática.

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sair da versão mobile